A prova da veracidade das profecias de Nossa Senhora, em Anguera.

 

 

Essa é a prova da veracidade das profecias escritas aqui. Ela em 2005, avisou: 

24.06.2005 – Mensagem de Nossa Senhora, n° 2.539.  É bom rezar pelo Papa Bento XVI. A pedra da pedra será quebrada. 

No ano de 2013, o Papa Bento XVI foi levado à renúncia, pela condição insustentável que enfrentava nos últimos anos em razão da divisão, rebeldia e boicote que sofria da imensa maioria do clero em todo o mundo.

A importância da devoção.

O que é devoção?

Na Psicanálise Cristã, nós encaramos a devoção como um caminho para a sanidade ou teologicamente falando, um caminho para a santidade. Devoção é um ato firme da vontade, no culto a Deus ou como falou São Tomás de Aquino, é uma vontade pronta para se entregar ao culto de Deus. É o encontro de duas vontades, a nossa e a do criador. Quando nos esforçamos para encontrar o divino, enchemos o nosso coração de uma vontade férrea de conhecê-lo, e diante dessa disponibilidade, Deus aproveita para transformar os nossos sentimentos, nos inflando de amor. O amor brota em nós como uma fonte. Na devoção, nós trocamos uma atitude de firmeza conosco mesmo, por amor.

A Teomania.

O que é a teomania?

A teomania como o próprio nome diz, é a atitude que adotamos em nossas vidas, quando deixamos de enxergar Deus e queremos substituí-lo por nós mesmos. Como foi explicado em artigos anteriores, nós a adotamos, quando substituímos a humildade pelo orgulho, e trocamos a realidade por nossas fantasias. Não aceitamos o que é real como base, e queremos transformá-lo de acordo com a nossa vontade. Nós não suportamos enxergar nossa pequenez diante da vida,  por isso  substituímos a realidade,  por uma fantasia de grandiosidade pessoal.

A inveja de Deus, uma atitude destrutiva que adotamos, mas não percebemos.

O que seria a inveja de Deus?

Inveja, é uma atitude de não ver, instigada pela vontade, ou traduzindo melhor, é a vontade de uma pessoa utilizada para não ver. Mas não ver o que? Por que nos esforçamos tanto, para deixar de ver algo? Então como o próprio nome do texto diz, inveja de Deus, significa, o esforço que empreendemos em nossas vidas, para não enxergar o divino. Como Ele é a fonte da realidade  que cria a nossa psique, formando-a, podemos dizer que a inveja de Deus é uma  luta contra a nossa própria sanidade.

As duas atitudes mais importantes.

As duas atitudes mais importantes que podemos adotar em nossas vidas, se resumem em dizer ‘sim’ ou ‘não’ a Deus. Quando nascemos, existe toda uma realidade que nos cerca, e nos induz a nos perguntarmos de onde vem tanta ordem, tanta beleza e amor. Essa instigação que a vida nos faz, começa aos poucos a nos convencer de que existe algo que formou tudo isso. Somos forçados a nos confrontar com essa questão à medida que crescemos, pois é uma realidade que não só se apresenta a nós, como também ela nos forma e faz parte de nós. E é aí que entra a questão do ‘sim’ e do ‘não’.

Realidade. Lembrando a infância.

O que é a realidade? Talvez não tenha pergunta mais difícil de responder do que essa.

Realidade (do latim realitas isto é, “coisa”) significa em uso comum “tudo o que existe”. Em seu sentido mais livre, o termo inclui tudo o que é, seja ou não perceptível, acessível ou entendido pela ciência, filosofia ou qualquer outro sistema de análise.

O real é tido como aquilo que existe fora da mente ou dentro dela também. A ilusão, a imaginação, embora não esteja expressa na realidade tangível extra-mentis, existe ontologicamente, ou seja: intra-mentis. E é portanto real, embora possa ser ou não ilusória. A ilusão quando existente, é real e verdadeira em si mesma. Ela não nega sua natureza. Ela diz sim a si mesma. A realidade interna ao ser, seu mundo das ideias, enquanto ente fictício, imaginário, idealizado no sentido de tornar-se ideia, e ser idea, pode – ou não – ser existente e real também no mundo externo. O que não nega a realidade da sua existência enquanto ente imaginário, idealizado.

Quanto ao externo – o fato de poder ser percebido só pela mente – torna-se sinônimo de interpretação da realidade, de uma aproximação com a verdade. A relação íntima entre realidade e verdade, o modo em como a mente interpreta a realidade, é uma polêmica antiga. O problema, na cultura ocidental, surge com as teorias de Platão e Aristóteles sobre a natureza do real(o idealismo e o realismo). No cerne do problema está presente a questão da  imagem (a representação sensível do objeto) e a da ideia (o sentido  do objeto, a sua interpretação mental ).

Em senso comum, realidade significa o ajuste que fazemos entre a imagem e a ideia da coisa, entre verdade  e verossimilhança. Na interpretação ou representação do real, (verdade subjetiva ou crença), a realidade está sujeita ao campo das escolhas, isto é, determinamos parte do que consideramos ser um fato, ato ou uma possibilidade, algo adquirido a partir dos sentidos e do conhecimento adquirido. Dessa forma, a construção das coisas e as nossas relações dependem de um intrincado contexto, que ao longo da existência cria a lente entre a aprendizagem e o desejo: o que vamos aceitar como real?

A verdade (subjetiva) pode, às vezes, estar próxima da realidade, mas depende das situações, contextos, das premissas de pensamento, tendo de criar dúvidas reflexivas. Às vezes, aquilo o que observamos está preso a escolhas que são mais um conjunto de normas do que evidências.

O universo real, deve ser encarado como um universo que surge de uma única fonte, de um único emissor que forma tudo. Esse universo só pode ser instantâneo, e surge da vontade de Deus. Ao contrário do universo de Einstein, onde existe uma velocidade limite, devemos imaginar esse universo  como algo que está sendo construído a cada instante que brota diretamente do amor divino.

Difícil de entender, não? Mas eu garanto que você sabe o que é a realidade. Se não soubesse, não teria como se manter vivo, pois não teria como interagir com ela, e rapidamente você morreria.

Animação de como vai começar a terceira guerra mundial, segundo Nossa Senhora.

guerra-2

Fiz uma animação simples, de como vai começar a terceira guerra mundial, segundo profecias de Nossa Senhora de Anguera.

É só ilustrativo.

Profecias de Nossa Senhora de Anguera. Atentados, guerras e catástrofes que ocorrerão nos EUA (USA).

Vou colocar algumas profecias de Nossa Senhora de Anguera, que mencionam os Estados Unidos da América.

AMÉRICA DO NORTE – EUA.

Não temam. Aos que rezarem à Mãe de Cristo, e pedirem sua proteção, serão atendidos.